Artigo

Entenda sobre cadeia de frio em ambientes hospitalares

Para exemplificar este conceito pode-se tomar como exemplo um...

Dentro de um ambiente hospitalar a maior parte dos produtos utilizados são produtos termolábeis, ou seja, sensíveis à temperatura. Por isso, a Cadeia de frio, consiste em uma condição a qual os produtos sejam mantidos em um ambiente frio com a finalidade de conservar esses produtos. Uma vez que, esses produtos, precisam ser conservados desde o seu recebimento até o momento do consumo, dado pelo paciente. 
Para exemplificar este conceito pode-se tomar como exemplo um medicamento termolábil que deve ser mantido à uma temperatura entre 2 °C à 8 °C, nesse caso o profissional do hospital deverá checar a sua temperatura ao recebê-lo e rapidamente estocá-lo em um local apropriado, como uma câmara fria, que deve ter sua temperatura monitorada constantemente. No momento de uso, caso haja necessidade de transportá-lo, o transporte deverá ser feito em um recipiente térmico e antes de ministrá-lo no paciente, a sua temperatura deverá ser verificada mais uma vez.   

**Benefícios** 

•    Diminuição de perdas e falhas;
•    Garantia de qualidade do produto;
•    Controle dos pontos onde há maior incidência de rupturas;
•    Metodologia de trabalho bem definida.

**Eficiência** 

Para garantir que a cadeia do frio seja eficiente são necessários alguns cuidados, como:
•    Utilização de equipamentos específicos para monitoramento da temperatura;
•    Certificação de que cada produto recebido está dentro da faixa de temperatura ideal;
•    Armazenamento em local apropriado e acompanhamento de sua temperatura durante todo o tempo em que estiver estocado;
•    Transporte em maletas e caixas térmicas apropriadas e no menor tempo possível;
•    Utilização dentro do período de tempo estimado do produto, para que o mesmo possa ficar fora de refrigeração;
•    Criação de POPs (Procedimentos Operacionais Padrões) próprios para a cadeia do frio, com o intuito de orientar todos os profissionais que irão manusear os produtos.

O que fazer em caso de ruptura da Cadeia do Frio?

Para casos de rompimento do sistema em algum ponto, ou seja, caso algum produto fique fora de refrigeração por um determinado tempo, deve haver um POP específico para ruptura da cadeia do frio, com o intuito de orientar o profissional em como agir nessa situação. Este protocolo irá variar de acordo com o produto e o tempo ao qual o mesmo ficou fora de sua faixa de temperatura ideal.

Tem alguma dúvida? Entre em contato conosco!